fbpx

Notícias

UFPR lança rede para aproximar iniciativas de divulgação científica; saiba como participar

Professores e técnicos da Universidade podem inscrever suas ações na Rede de Divulgação Científica #AgenciaEscolaUFPR

Por Isabela Stanga
Sob supervisão de Chirlei Kohls

Com objetivo de aproximar diferentes ações de divulgação científica, a Universidade Federal do Paraná (UFPR) lança por meio da Pró-reitoria de Extensão e Cultura (Proec) a Rede de Divulgação Científica, espaço em que diferentes iniciativas poderão juntas construir novas formas de dialogar com a sociedade. Podem participar da Rede professores e técnicos que possuam projetos de extensão, iniciativas, disciplinas e demais ações que promovam a popularização da ciência para a comunidade – a inscrição deve ser feita neste link.

Segundo o pró-reitor de Extensão e Cultura da Universidade, Rodrigo de Arantes Reis, a intenção é promover a divulgação científica por meio de três eixos principais: aproximação, integração e formação. “O primeiro é de projetos estratégicos, em que, por meio da Rede, os pesquisadores poderão produzir e submeter projetos em conjunto para agências de fomento à ciência. Em segundo plano, vamos tentar fazer uma integração entre as diversas ações de divulgação científica da UFPR através de um portal, em que todos os projetos possam veicular seus conteúdos”, explica.

“Por último, também queremos investir em um eixo de formação, verificando quais são as experiências de divulgação científica desenvolvidas na graduação e pós-graduação e também ofertar cursos para diferentes atores públicos, além de pesquisadores e divulgadores da ciência como um todo”, acrescenta Rodrigo.

Recentemente, a reunião inicial da Rede contou com a participação de cerca de 17 projetos de divulgação científica da UFPR. A partir das próximas atividades, a Proec busca integrar mais ações ao movimento, a fim de estender o diálogo para todos os setores da Universidade.

Diante do contexto atual, o professor Rodrigo reconhece ser importante ampliar o diálogo da Universidade com a população, democratizando o acesso à ciência. “Estamos vivendo momentos de negacionismo científico, de fake news, de questionamento de alguns pontos importantes da ciência e até de ataque às universidades. Nós, como universidade pública, precisamos ampliar o diálogo com a sociedade e mostrar qual é o perfil de ciência que a universidade desenvolve”, ressalta.

Experiências de popularização da ciência

De acordo com o pró-reitor de Extensão e Cultura, existem muitas iniciativas que levam a ciência para a população em praticamente todos os setores da UFPR. Algumas delas são a Agência Escola de Comunicação Pública UFPR, do Setor de Artes, Comunicação e Design (Sacod), que produz conteúdos e capacitação em Comunicação Pública da Ciência; e a Superintendência de Comunicação e Marketing através da Assessoria de Comunicação e da UFPR TV, que produzem os materiais de divulgação científica para as redes sociais e o portal, a Revista eletrônica Ciência UFPR, as transmissões de lives científicas e tem ainda em acervo disponível gratuitamente diversos programas de TV.

Outro exemplo de iniciativas são os projetos e programas de extensão, como o “Solo na Escola”, do Departamento de Solos e Engenharia Agrícola, e “Meninas e Mulheres nas Ciências”, do Setor de Ciências Exatas, que compartilham o conhecimento científico com a educação básica. Importante destacar os projetos de divulgação científica presentes nos campi avançados, a exemplo do “Rocket Girls: Meninas nas Ciências”, em Palotina, e o Laboratório Móvel de Educação Científica, no Setor Litoral.

Imagem de destaque: Rede de Divulgação Científica da UFPR

Mais lidas

Sobre a Agência Escola UFPR

A Agência Escola UFPR, a AE, é um projeto criado pelo Setor de Artes, Comunicação e Design (SACOD) para conectar ciência e sociedade. Desde 2018, possui uma equipe multidisciplinar de diversas áreas, cursos e programas que colocam em prática a divulgação científica. Para apresentar aos nossos públicos as pesquisas da UFPR, produzimos conteúdos em vários formatos, como matérias, reportagens, podcasts, audiovisuais, eventos e muito mais.

Curta!