fbpx

Formação

A Agência Escola UFPPR também produz conhecimento científico sobre as ações e os produtos desenvolvidos pela nossa equipe, articulando conceitos sobre Comunicação, Comunicação Pública da Ciência e Divulgação Científica. São artigos publicados em congressos acadêmicos ou periódicos da área.

PARTICIPAÇÃO, CIDADANIA E CIÊNCIA: a experiência Agência Escola de Comunicação Pública da UFPR
Autoras: Regiane Ribeiro, Claudia Irene Quadros, Patricia Goedert Melo, Chirlei Kohls,
Resumo: A Comunicação Pública para a Ciência na universidade tem o propósito de incentivar o diálogo entre a sociedade e seus cientistas. Ao envolver o cidadão nos debates sobre suas ações de ensino, pesquisa e extensão, a universidade possibilita a troca de conhecimentos com a comunidade. Neste artigo, discutimos como essa relação é estabelecida por meio do projeto Pergunte aos Cientistas, no qual a população pode esclarecer dúvidas sobre a Covid-19 com pesquisadores de diferentes áreas do conhecimento. Esse projeto faz parte da Agência Escola de Comunicação Pública da UFPR. Para analisar essa aproximação da sociedade com os cientistas, buscamos apoio nos estudos sobre formação de públicos e refletimos sobre os conceitos de Ciência Aberta, Divulgação Científica e Comunicação Pública da Ciência. A iniciativa tem demonstrado a importância de um cidadão ativo e ciente do seu entorno.
Palavras-Chave: Divulgação científica, Ciência Aberta, Públicos
Apresentado no Encontro da Compós 2021
Link: https://proceedings.science/compos/compos-2021/papers/participacao–cidadania-e-ciencia–a-experiencia-agencia-escola-de-comunicacao-publica-da-ufpr


A Divulgação científica a partir da formação e experimentação na agência escola UFPR

Aurtores: Chirlei Kohls, Maria Fernanda Mileski de Paula, Bruno Caron Ferreira, Matheus Dias Galdino Soares, Breno Antunes da Luz, Luiz Fernando Hanysz
Resumo: Divulgar a ciência para sociedade é a missão da Agência Escola de Comunicação Pública da Universidade Federal do Paraná (UFPR). Para isso, a atuação é feita em articulação entre bolsistas de graduação, pós-graduação, professores e profissionais. A partir dos eixos da formação, experimentação e inovação, a divulgação científica é pensada e realizada para democratização do acesso ao conhecimento científico e a chamada alfabetização científica (BUENO, 2010; TARGINO, TORRES, 2014; HERNANDO, 2003). Para levar o conhecimento científico produzido na UFPR à sociedade e ao maior número de pessoas possível, além das publicações no site da Agência Escola UFPR e portal UFPR, o projeto busca um contato mais próximo com a imprensa local, regional, nacional e até internacional.
Palavras-chave: Divulgação científica. Agência Escola UFPR. Formação. Experimentação. Assessoria de comunicação e imprensa.
Apresentado no 19º Encontro Nacional de Professores do Jornalismo
Link: http://soac.abejor.org.br/?conference=19enpj&schedConf=encontrodeprofessores&page=paper&op=view&path%5B%5D=392


FONTES, GESTÃO E DIVULGAÇÃO CIENTÍFICA: relato do desenvolvimento de uma ferramenta de busca para Imprensa

Autores: Rodrigo Eduardo Botelho-Francisco, Fabia Cristiane Ioscote, Antonio Rodrigues Barros e Matheus Dias Galdino Soares
Resumo: Este artigo tem por objetivo apresentar um relato do desenvolvimento do Guia de Fontes @UFPR, uma ferramenta para busca de informação científica criada no âmbito da Agência Escola de Comunicação Pública e Divulgação Científica e Cultural (AE) da Universidade Federal do Paraná (UFPR). Neste contexto, o trabalho discute a informação e a gestão de conteúdo científica sob um ponto de vista interdisciplinar e descreve o desenvolvimento do software contemplando o Jornalismo, a Gestão da Informação e a Computação, areas do conhecimento nas quais estão pautados os princípios metodológicos do Guia de Fontes @UFPR. Por fim, o trabalho apresenta os resultados à luz da Divulgação Científica.
Palavras-Chaves: Fontes de Informação; Gestão de Conteúdo; Desenvolvimento web;
Jornalismo; Divulgação Científica.
Publicado na Revista Observatório em julho de 2021
Link: https://sistemas.uft.edu.br/periodicos/index.php/observatorio/article/view/11953